Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2008

Shadow of the day

I close both locks below the window.I close both blinds and turn away.Sometimes solutions aren't so simple.Sometimes goodbye's the only way.And the sun will set for you,The sun will set for you.And the shadow of the day,Will embrace the world in grey.
sinto-me: triste, but there's no point
música: hate me-blue october
tags:
publicado por cindfuckinrella às 00:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2008

...

ás vezes acho que são as palavras que se viram cntra mim, exactamente nos momentos cruciais, aqueles em que elas, as palavras, me poderiam valer. talvez as use com excessiva facilidade e as gaste c tda a mnha pretensa eloquência. ou talvez elas n representem quase nada, nem sequer o significado q lhes damos. o que contam são os actos-esses sim, falam mais alto- e o q nca se ousou dzr, o q se guarda no peito durante dias, semanas ou anos, cmo um tesouro precioso e clandestino que perde o encanto e o valor se for revelado ou descoberto .


*

sinto-me: on coffee break
música: no one - alicia keys
tags:
publicado por cindfuckinrella às 18:40
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008

Isso existe?

Vendo as coisas pelo prisma realista, fui eu que arruinei (completamente) todos os meus relacionamentos. Uns porque percebia que queria estar sozinha, outros porque os começava quando percebia que não queria estar sozinha, outros pelo perfeccionismo apurado a cem graus, e, principalmente, porque nunca soube muito bem o que queria.  A única vez que me lembro de saber que O queria mais que tudo, a distância, a todos os níveis, fez o resto.

Agora, eles, que me conheceram (uns mais do que outros), aprenderam bem a lição de que comigo não se "brinca" porque eu faço doer a sério! Deixo-os entrar pela minha vida, dou-lhes as palavras e os gestos mais bonitos e depois, num momento ou outro sinto e sei que não estou satisfeita. Aí, faço "trinta por uma linha", grito, esperneio, exijo o impossível e invento/crio meia dúzia de planos pessoais que os façam ir embora ou no mínimo que me levem dali para fora. Foi assim que, nas férias escolares ia parar ao Porto a casa da madrinha, foi assim que fui entrar na faculdade em Faro, foi mais ou menos assim que vim aqui parar e é assim e por isto que vou estudar para Londres. Não, não é o medo de assumir o compromisso, isso eu até tenho feito deveras bem. É o medo de o manter ou pior pior, do perder quando já não acho o meu coração no peito. Know what i mean?

 

No fundo, há duas coisas que nenhum deles percebeu ou suportou (quando lhe soube explicar): uma é que os meus planos e sonhos profissionais vêm primeiro que TUDO! A segunda é que sou apenas uma miúda frágil, pequenina, à espera de um colo que esteja sempre lá. Sempre. Não só quando todos me admiram, ou desprezam ou quando os outros simplesmente têm pena de mim. Sempre. Mesmo quando estou apenas com raiva do mundo e me apetece arrancar a cabeça da primeira pessoa que me aparecer à frente. Sempre. Até quando estou tão feliz que não páro de sorrir. Sempre. Mesmo quando só quero chorar porque me apetece. Sempre. Mesmo quando faço birras sozinha, comigo mesma. Sempre. Mesmo quando não sei quem sou nem faço a mínima ideia do que ando aqui a fazer aos trambolhões. Sempre.

 

 

 

Isso existe?

sinto-me: assim
música: sonnet-the verve
tags:
publicado por cindfuckinrella às 17:17
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

the beat of drums go wrong

Vá Catarina, calma.

sinto-me: assustada
música: you could be happy- snow patrol
tags:
publicado por cindfuckinrella às 19:39
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 29 de Janeiro de 2008

"Didn't wanna need you, didn't wanna need anyone, now look what you've done!"

Não. Não vou correr atrás. Não posso, não percebes? Não me é permitido humilhar dessa forma. Já parti o coração mil vezes sozinha, desculpa, mas para isso não preciso da tua ajuda. Ainda se fosse para o concertar. ..Mas acho que nem para isso tenho espaço no peito.

Não quero saber se sentiste os beijos prometidos de 10 anos. Não me quero importar com as borboletas que senti(mos) na barriga. Sei que nada disso nos vai juntar agora. Algo me faz sentir que ainda não está na hora, de perdermos este medo que nos faz correr para bem longe e fugir do que somos ou melhor, do que poderíamos ser/ter sido.

Sabes bem, tão bem.. Para que escrever ou dizer ou falar?

 

 

 

Tu sabes.

 

 

 

(um dia hei d te conseguir mostrar o brilho do meu olhar e vais ver-te reflectio. talvez aí percebas que não es para ninguém o que és para mim. importante, assim, para me fazer sorrir a meio de uma noite qualquer)

sinto-me: nem quero saber...
música: who am I - Will Young
tags:
publicado por cindfuckinrella às 22:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 27 de Janeiro de 2008

buuuuuuuuuuu!

Cheguei agora a Lisboa. Cada vez mais é esta a minha cidade e a minha casa. O pior, pior é que em vez de disfrutar da vista da minha varanda para o tejo, tenho mil coisas para ler de antropologia filosófica. Pois, amanhã há exame as 8h da manhã ali para os lados da Rua Jardim do Tabaco. Hard, but true. Tenho tanto sonoooo. GOD!!!!

 

 

Okay, okay...

 

 

 

 

 

Vou estudar !

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Beijo da Catherine, com votos de uma óptima semana ;)

sinto-me: com sono a mais
música: Catarinaaaa Catarinaaa Catarinaaaaa
tags:
publicado por cindfuckinrella às 22:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

o que está bem, muda, o que está mal melhora.

Adormeci com dificuldade, acordei ainda com mais dificuldade...típico, não é? Passo por aqui só para desejar um optimo fim-de-semana, que como sou uma sortuda para mim é prolongado, e como vou para a terrinha, posso não encontrar net :P

 

São as festas da aldeia, é a festa de anos da mnha irmã pequenina, mas antes ainda tenho que fazer o exame de psicologia cognitiva e por-me no comboio...ir cantar os parabens ao meu bebé afilhado na escolinha dele (ihihi ele vai gostar tanto) e depois... talvez ver-te.

 

 

 

 

 

see ya babys ;)

sinto-me: a caminho dos miminhos da mamã
música: the way i are- timbarland
publicado por cindfuckinrella às 09:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008

You're Back! Can't Believe it!!

'Speak loud if you do, you are not easy to find…'

 

 

 

Não sou de acreditar nas voltas envolvidas em surpresas que a vida gosta de dar. Não percebo a adrenalina de andar numa montanha russa sem saber quando e onde vamos parar. Sim, gosto de algum controlo..especialmente com surpresas que põe em risco o meu pobre coração com arritmia...awww!!!

 

Sentei-me aqui como todos os dias e vejo uma msg tua: "cheguei, de vez. liga-me quando vires isto: 918....."

 

 

GOD!!!!

 

 

 

A voz, o sorriso na voz, o arrepio na espinha. Bah..está tudo igual! 2 anos, tem sido muito tempo...quando te despediste de mim ainda estava tão doente. Foste preocupado, mas nunca gostaste de o mostrar. Alias..tu próprio assumes isso..que escondes os sentimentos real deep, pois so tu os conheces.  Afinal, sabias bem que eu me ia encontrar de novo e agora estás aqui para veres como tinhas razão. Can't help being this happy!!!

 

 

 

Antes de Londres, tenho um abraço enorme em falta contigo..... espero que me tragas o prometido, o meu coração embrulhado no teu e não me venhas dizer que não lhe pudeste tocar, porque ninguem toca num coração sem o magoar*

 

 

 

Miss YOU A LOTTTTT!

 

 

 

 

 

sinto-me: com um sorriso deste tamanho
música: save me- hanson
tags:
publicado por cindfuckinrella às 17:28
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

Aqui , no meu casulo .

Hoje não houve perturbações não encomendadas..não houve medos, nem supsiros, houve nadas. Nadas cheios de mim porque tu sabes, como detesto pensar em ti. Acho que mudaste de numero de telémovel e fizeste mesmo, mas mesmo, muito bem. Assim não caio na tentação estúpida de te ligar ou de simplesmente te enviar uma sms retórica. Great! Os Deuses estão comigo. Mandam-me pretendentes para me encher o ego, mandam-me vontade para estudar psicologia cognitiva, e fazem-me estar quietinha no meu canto, neste meu casulo impenetrável onde só existem duas coisas. Eu e o meu Mundo.

 

 

 

Ps: e vem aí a mnha babe para uma noite das nossas... mas ela é das raras pessoas que 'pode vir a qualquer hora' .

sinto-me: Protegidíssima
música: No one - Alicia Keys
tags:
publicado por cindfuckinrella às 19:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2008

PARABENS minha pikena**

Parabens Irmã pequenina!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

Porque hoje fazes 18 anos pequenina. Estas a ficar crescida..nem posso acreditar que já és maior de idade. Não posso estar contigo hoje, mas Sábado vou-te abraçar :P

 

 

 

 

Hoje é o teu dia por isso nem vou falar em mais nda.

 

 

 

 

 

Amo-te sis ***

 

sinto-me: apanhada de surpresa plo tmpo
música: happy Birthday to you
tags:
publicado por cindfuckinrella às 16:12
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29


.posts recentes

. Shadow of the day

. ...

. Isso existe?

. the beat of drums go wron...

. "Didn't wanna need you, d...

. buuuuuuuuuuu!

. o que está bem, muda, o q...

. You're Back! Can't Believ...

. Aqui , no meu casulo .

. PARABENS minha pikena**

.arquivos

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds